Viajar é um raro prazer!!!

Viajar é um raro prazer!!!

Catedral de Notre-Dame em Paris: beleza e história, com um triste incêndio.

Catedral de Notre-Dame em Paris: beleza e história, com um triste incêndio.

Nada se compara à Catedral de Notre-Dame, a melhor obra gótica na Île de la Cité, às margens do Rio Sena, em Paris. Um dos lugares mais visitados na Europa.

Onde fica

A Catedral de Notre-Dame marca o ponto onde a cidade de Paris nasceu, sobre a Île de la Cité, rodeada pelo Rio Sena.

A construção da Catedral de Notre-Dame

Dedicada a Virgem Maria, mãe de Jesus, sua construção foi iniciada em 1.163, quando a Europa estava mergulhada no fervor cristão da Idade Média.  A primeira pedra de sua construção foi colocada pelo papa Alexander III. Demorou, aproximadamente, 200 anos para ser completamente edificada.

E o resultado dessa obra, em estilo gótico francês, foi satisfatório o suficiente para que, ao menos nos sete séculos seguintes (até a Revolução), a Catedral de Notre-Dame fosse sinônimo do catolicismo parisiense.

notre-dameContrariamente, no período da Revolução Francesa, em 1789, a Catedral de Notre-Dame foi fechada e muitas imagens do seu interior foram depredadas por agitadores, que fizeram dela um acampamento, chegando, inclusive, a derreter seus sinos para fabricação de armamentos.

Passados alguns anos, em 1831, Victor Hugo escreve “O Corcunda de Notre-Dame”, que não trata apenas de um menino deformado que tenta salvar a vida de uma linda garota.

O foco moral da história é a Catedral de Notre-Dame. Corcunda, é um romance gótico sobre um edifício gótico. Victor Hugo via a catedral, não apenas como símbolo da história da França ou da cristandade, mas da própria civilização.

O sucesso do livro fez com que os franceses viessem conhecer o local que Victor Hugo relatava, mas encontravam uma catedral destruída. Houve protestos do público e, em 1844, foi iniciada uma restauração de grande porte nela, cujo projeto ficou a cargo de dois arquitetos: Eugène Viollet-le-Duc e Jean-Baptist Lassus.

Viollet-le-Duc, visionário que recriou no século XIX a França que os turistas conhecem hoje, criou a agulha rodeada de apóstolos, dentre outras inovações.

Em outras palavras, essa catedral construída há cerca de 850 anos, é um dos patrimônios da humanidade, além de ter inspirado a literatura e de levar legiões de turistas à capital francesa.

A magistral beleza da Catedral de Notre-Dame

Antes mesmo de entrar na Catedral de Notre-Dame, sua suntuosa fachada nos atrai. No nível inferior, é adornada por três portais (à esquerda há o Portal da Virgem; o portal central reproduz o Julgamento Final; e, à direita está o Portal de Santa Ana, que representa a Virgem Maria e o menino).

notre-dame

No nível intermediário, está a rosácea com 13 metros de diâmetro, onde internamente está o principal órgão da catedral, e cuja luz irradiada faz um belo contraste com a escuridão da nave. No nível superior, duas torres de 69 metros de altura. É nas torres do monumento, que se escondia o famoso Quasímodo, o corcunda de Notre-Dame.

No seu interior, existem abóbodas e colunas altíssimas, com lindos vitrais, e muito mais. Na época de sua construção vigorava o princípio de que quanto mais alto o templo, mais perto de Deus o homem está. Os vitrais, na construção gótica, simbolizavam um canal de entrada da luz Divina, de forma natural e abundante.

notre-damevitrais

A propósito, é possível ainda fazer a subida às torres, e visualizar toda região central de Paris, bem como observar de perto as famosas gárgulas (esculturas de monstros e demônios dispostas no topo da catedral) e o campanário.

Acontecimentos históricos ocorridos na Catedral de Notre-Dame

O local da Catedral de Notre-Dame é destinado a cultos desde os tempos romanos, quando ali foi construído um templo a Júpiter e, posteriormente, a Basílica de Saint-Etienne. Além de contemplar duas guerras mundiais, foi cenário de inúmeros feitos importantes, dos quais citarei alguns:

  • Coroação de Henrique VI de Inglaterra, durante a Guerra dos Cem Anos, em 1431;
  • Sagração de Bonaparte como Napoleão I, em 1804. O Imperador não foi a Roma para ser ungido pelo Papa, como os imperadores germânicos; ele obrigou Pio VII a vir a Paris para a cerimônia. O próprio Napoleão tomou o diadema nas mãos e coroou-se a si mesmo, de frente para o público (e de costas para o Papa).  Depois, coroou a imperatriz Josefina. O Papa limitou-se a proclamar “Vivat Imperator in aeternum!” (Viva o Imperador para sempre);
  • Publicação de “Notre-Dame em Paris”, nome originalmente dado por Victor Hugo, em 1831, ao clássico “O Corcunda de Notre-Dame”, faz a catedral de Paris tornar-se marco nacional;
  • Notre-Dame é o lugar preferido de Freud para estudar histeria e hipnose com Charcot, em 1895;
  • Beatificação de Joana D’Arc , pelo Papa Pio XI, em 18.04.1909;
  • De Gaulle, em agosto de 1944, para comemorar a libertação de Paris na véspera, vai a catedral e é recebido a tiros por colaboracionistas, mas entra na igreja e assiste à missa;
  • Gérard Depardieu, em fevereiro de 2003, declama trechos das “Confissões”, de Santo Agostinho, falando sobre as variantes do tempo, com a presença de várias personalidades.

Incêndio na Notre-Dame em abril de 2019

Infelizmente, a 15 de abril de 2019, a Catedral de Notre-Dame foi atingida por um incêndio, que destruiu parte importante de seu patrimônio arquitetônico, artístico e religioso.

Pelo que lemos e vimos na mídia, algumas relíquias foram perdidas, bem como parte significativa do teto da catedral. Felizmente, sua estrutura foi preservada, bem como os maravilhosos vitrais e o famoso órgão.

Para alívio de todos nós, dias antes do sinistro, 16 estátuas de bronze, representando os doze apóstolos e os quatro evangelistas, que adornam os telhados do monumento haviam sido retiradas para restauração.

Perda irreparável

A perda maior foi a destruição e queda do pináculo, também conhecido por flecha ou agulha, que era a torre pontiaguda mais alta da igreja, rodeada por estátuas. Sua estrutura era de madeira e chumbo, com 93 metros de altura, e abrigava três sinos de bronze.

Podemos dizer que, muito se especulou sobre esse triste incêndio. Ao que tudo indica, o sinistro ocorreu devido às obras de restauro que estavam em curso na catedral.

Graças a um plano de emergências eficiente, os bombeiros conseguiram evitar um estrago de proporções maiores e irreparáveis.

Na verdade, não foi a primeira vez que Notre-Dame passou por um revés e, por certo, esse templo gótico resistirá a mais essa agressão.

A França fará um concurso internacional para reconstrução da flecha de Notre-Dame.

Bem, será que a catedral manterá seu aspecto original? O que desejamos é que esse monumento seja preservado, sobretudo, porque foi testemunha de fatos históricos relevantes.

Particularmente espero que possamos, em breve, visitar a catedral e nos encantarmos com ela novamente. A promessa do presidente francês é que Notre-Dame estará recuperada em cinco anos, ou seja, em 2024, quando ocorrerá a Olimpíada, em Paris.

É notório que a França, além de Paris, tem lugares maravilhosos para se visitar, tais como: Carcassone, Marselha, Lourdes, Tours, Cannes, Saint-Tropez etc. Eu já estive nessas cidades e também no Mont Saint-Michel, e amei tudo.

 

Pontos turísticos próximos à Catedral

Notre-Dame fica, literalmente, no coração de Paris, e pode ser facilmente alcançada a pé desde outros pontos turísticos de Paris, como o Museu do Louvre  e o Jardin du Luxembourg.

Se gostou deste artigo, comente conosco. Você pode curtir/compartilhar com seus amigos no facebook ou por e-mail.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: