Viajar é um raro prazer!!!

Viajar é um raro prazer!!!

Santuário de Aparecida – muita fé.

Santuário de Aparecida – muita fé.

Visitar o Santuário de Aparecida é vivenciar muita fé, independentemente da sua religião. É um lugar rico de história também.

A Catedral Basílica Santuário de Nossa Senhora Aparecida, mais conhecida pelo nome de Santuário de Aparecida, é o maior templo religioso católico do Brasil. Está localizado no Vale do Paraíba, no eixo Rio-São Paulo, na cidade de Aparecida.

Como Nossa Senhora foi encontrada

A aparição de Nossa Senhora de Aparecida ocorreu em 1717. Nessa época, o governante das capitanias hereditárias de São Paulo estava de passagem por Guaratinguetá, no Vale do Paraíba. Para dar boas-vindas ao governador, os moradores da região fizeram uma festa e chamaram três pescadores de Porto de Itaguaçu, para lançarem suas redes no rio.

Como aquele período não era favorável à pesca, eles rezaram pela proteção e benção da Virgem Maria e de Deus para que retornassem à terra firme com muitos peixes.

Por diversas vezes, jogaram as redes no rio, sem sucesso, sendo que em uma das vezes, inesperadamente, eles pescaram o corpo de uma imagem. Lançaram novamente as redes e pescaram uma cabeça que se encaixou ao corpo.  Era a imagem de Nossa Senhora da Conceição, que ganhou o nome de Nossa Senhora Aparecida, por ter surgido, ou aparecido, dessa forma surpreendente. Em seguida, o barco encheu-se de peixes que pulavam de todas as direções.

Dia da Padroeira do Brasil

No dia 12 de outubro é comemorado o dia da padroeira do Brasil: Nossa Senhora Aparecida. Nessa data, milhares de fiéis e turistas visitam o Santuário de Aparecida.

Origem do Santuário de Aparecida

Em junho de 1888, foi inaugurada a Igreja de Monte Carmelo ou Basílica Velha, pelo bispo de São Paulo, Dom Lino D.R.de Carvalho.

O que fazer no Santuário de Aparecida

Um dia é suficiente para visitá-lo e andar muito, além de assistir missas e passear pelos diversos pontos turísticos.

A título ilustrativo, citarei alguns dos muitos lugares que podem ser visitados, dentre eles: Bondinho de Aparecida; Campanário; Capela da Ressurreição; Capela das Velas; Capela do Batismo; Capela do Santíssimo; Capela São José; Centro de Apoio ao Romeiro (Shopping de Aparecida); Feira Livre de Aparecida do Norte; Matriz Basílica; Memorial da Devoção N.Sra. Aparecida; Memorial Redentorista; Mirante; Morro do Cruzeiro; Museu N.Sra. Aparecida; Nicho de N.Sra.Aparecida; Passarela da Fé; Porto Itaguaçu; Presépio Permanente; Sala das Promessas etc.

Dos locais citados, falarei um pouco de alguns deles, deixando os demais para você se surpreender quando visitar o Santuário de Aparecida.

Basílica Velha

O primeiro Santuário dedicado a Nossa Senhora da Conceição Aparecida e primeira Basílica do Brasil, como ficou conhecida, foi inaugurada em 1888. O primeiro vigário do Santuário foi o padre Joaquim Pereira Ramos.

Nesses 130 anos de existência, a Basílica Velha foi o terceiro local religioso a abrigar a imagem original de Nossa Senhora Aparecida, encontrada pelos pescadores em 1717. Isto porque, antes do início de sua construção, havia no mesmo local a Capela do Morro dos Coqueiros, construída em 1745, sendo esta a primeira igreja em honra à Virgem Aparecida autorizada pela Igreja Católica.

Mas, esse centro de peregrinação foi se tornando pequeno para acolher o grande número de devotos da imagem de Nossa Senhora.

À vista disso, reformas e adaptações foram feitas na pequena capela, a partir de 1834 e, em 1878, passou a adquirir a arquitetura que a Basílica Velha mantém hoje, com inauguração somente em 1888.

Em 1982, o Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo – CONDEPHAAT – declarou o tombamento da igreja, de estilo barroco, como monumento de interesse histórico, religioso e arquitetônico.

Devido ao desgaste do tempo, em 2004, começaram a ser feitas obras de restauração da Basílica Velha, com término somente em 2015. Esse trabalho minucioso durou 11 anos, sem interromper a visitação dos peregrinos ao local.

Basílica Nova (Catedral Basílica Santuário de Nossa Senhora Aparecida)

A Basílica Nova teve sua pedra fundamental lançada em 1946, no Morro das Pitas, porém o início de sua construção efetiva ocorreu somente em novembro de 1955.

A Basílica Nova tem formato de cruz grega, símbolo do Cristianismo. Sua cúpula central chega aos 70 metros de altura e a Torre onde fica o relógio alcança 107 metros, e pode ser visitada. A área coberta é de 18.000 m² e foram usados 25 milhões de tijolos em sua construção.

Todavia, as atividades religiosas no Santuário de Aparecida, começaram a ser realizadas em definitivo a partir de outubro de 1982, quando aconteceu a transladação da Imagem Milagrosa da Antiga Basílica para a Basílica Nova.

Dentro do Santuário existem cinco capelas, muito lindas e especiais:

  • A Capela das Velas foi construída na década de 70 e está localizada à esquerda da Porta Santa, sendo um dos locais mais visitados do Santuário de Aparecida. Nesse lugar, é possível comprar velas de todos os tamanhos e formatos, a preço acessível;
  • A Capela de São José onde são realizadas as missas em dias menos movimentados e está localizada à esquerda do Altar Central do Santuário. Essa capela tem uma cúpula em tons de ouro e simboliza a luz, ou seja, que Deus é a luz plena;
  • A Capela do Santíssimo está localizada à direita do Altar Central. Sua cúpula é revestida de pastilhas de porcelana banhadas a ouro, e um barrado de dois metros de altura;
  • A Capela da Ressurreição, inaugurada em 2007, fica na Esplanada João Paulo II, no fim da colunata externa, e destina-se à oração e reflexão. Nela, encontram-se os restos mortais de Bispos e Arcebispos de Aparecida, além do Memorial dos Devotos;
  • A Capela do Batismo foi inaugurada em agosto de 2010, está localizada na explanada João Paulo II. Na porta da Capela há a árvore da vida, com a inscrição “O Cristo, novo Adão, abre-nos as Portas do Paraíso” e na cúpula está o céu que faz o batizado ser a luz do mundo. A fonte batismal, em mármore branco, encontra-se no centro do Batistério.

Nicho da Imagem de Nossa Senhora de Aparecida

Na Nave Sul está a imagem original do século dezessete, feita em barro paulista, em um nicho com detalhes em pastilhas de porcelana, pintadas a ouro.

Passarela da Fé

Existe também a famosa passarela de peregrinação dos romeiros a Aparecida, conhecida como “Passarela da Fé”, de 392 metros de comprimento. Liga a Velha Basílica à Basílica Nova. Muitos fiéis percorrem este trecho de joelhos, pela fé e por agradecimento a curas alcançadas.

Visitas de Papas no Santuário de Aparecida

Três Papas estiveram no Santuário Nacional: João Paulo II, em 1980; Papa Bento XVI, em maio de 2007; e Papa Francisco em 2013, este último realizando as atividades da Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro.

Centro de Apoio ao Romeiro

 A propósito, para melhor atender os milhões de visitantes, foi inaugurado, em 1998, o Centro de Apoio ao Romeiro, uma estrutura gigantesca que conta com diversos restaurantes na Praça de Alimentação, quiosques de lanchonetes, lojas de souvenirs, fraldários, sanitários, farmácia, aquário, parque de diversões, terminais bancários e ponto de encontro.

O que é o CRER-Caminho Religioso da Estrada Real

CRER é o percurso que liga o Santuário Estadual Nossa Senhora da Piedade, em Caeté – MG, ao Santuário Nacional de Aparecida, em Aparecida – SP. Foi inaugurado em 2017, no ano do jubileu dos 300 anos, para celebrar o tricentenário do encontro da Santa. Possui mais de mil quilômetros de extensão, passando por várias cidades mineiras e paulistas. É a maior rota de turismo religioso do Brasil.

Esse itinerário foi inspirado no Caminho de Santiago de Compostela, que liga a França à Espanha, tendo por finalidade desenvolver e estruturar o segmento de turismo religioso em Minas Gerais.

Pode ser percorrido a pé, a cavalo, de bicicleta, iniciando o trajeto de qualquer ponto do CRER, em uma única viagem ou por etapas.

O turista/peregrino pode obter um passaporte para registrar o trajeto percorrido, para ao final do percurso, seja no Santuário de Aparecida seja no Santuário de Nossa Senhora da Piedade, receber o certificado de conclusão de todo o Caminho Religioso da Estrada Real.

Eu estive no Santuário de Aparecida, mas não fiz o Caminho Religioso da Estrada Real, mas gostaria de fazê-lo. Deve ser muito interessante e gratificante.

Cabe ressaltar que visitar templos religiosos traz uma sensação de paz e bem-estar. Já estive nos Santuários de Fátima e Lourdes. Foram inesquecíveis. Quando puder, visite-os.

Se você gostou desse tema, escreva-nos. Se tiver facebook, pode curtir nossa página inicial (like page) e compartilhar com seus amigos. Ajude a incrementar nosso blog.

 

 

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: